15 de Julho de 2020

Pela primeira vez on-line, 26º Seminário Internacional de Ciências Criminais discutirá Direito Penal, autoritarismo e Estado de Direito

O ano de 2020 marca um momento histórico para o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM): pela primeira vez, o tradicional Seminário Internacional -- maior evento de Ciências Criminais da América Latina -- será realizado na modalidade on-line. 

A 26ª edição acontece em meio a uma escalada autoritária que ameaça romper o funcionamento das instituições brasileiras. A crise política e civilizatória, somada à pandemia de covid-19, representa um momento histórico para democracia e para todas e todos que defendem incondicionalmente as garantias fundamentais. Diante desse cenário, o IBCCRIM não poderia adiar a realização de seu evento mais importante.

As inscrições estão abertas em www.ibccrim.org.br/seminario26, junto com a programação completa. No dia 20 de julho, às 18h, o IBCCRIM promove uma live sobre os detalhes do evento com a presidenta do IBCCRIM, Eleonora Rangel Nacif, de Marcela Venturini Diorio, à frente da Comissão Organizadora do 26º Seminário Internacional de Ciências Criminais, e de Sérgio Salomão Shecaira, membro do Conselho Consultivo do IBCCRIM e ex-presidente do Instituto. 


Sobre o evento


A 26ª edição do Seminário Internacional será sediada na plataforma de streaming IBCCRIM Play, um ambiente totalmente on-line composto por uma extensa programação ao vivo, realizada entre os dias 24, 25 e 26 de setembro, além de palestras inéditas de pesquisadores(as), juristas e docentes internacionais.  A plataforma on-line também terá um espaço para rememorar as exposições e debates históricos do Seminário, com uma rigorosa curadoria de destaques das edições anteriores. Todo o conteúdo ficará disponível por até 30 dias e, nesse período, será possível rever, quantas vezes quiser, as palestras e painéis do evento. 


Sob o tema “Direito Penal, Autoritarismo e Estado de Direito”, a programação terá a filósofa e educadora Sueli Carneiro na Conferência de Abertura. O evento também terá as palestras internacionais de Adan Nieto, Carmen Vázquez Rojas e Miren Odriozola, diretamente da Espanha, do alemão Christoph Burchard, do chileno Jean Pierre Matus Acuña e do inglês Sacha Darke, além da portuguesa Susana Aires. Entre os painelistas internacionais, há também os argentinos Gabriel-Ignacio Anitua e Roberto Manuel Carlés. 


Entre os(as) convidados(as) nacionais, integram a programação ao vivo nomes como o professor da Facamp Fauzi Hassan Choukr, a juíza aposentada Maria Lucia Karam e do ministro do STJ Néfi Cordeiro. Participam também o professor da UFRJ Nilo Batista, do professor da PUC-SP Pedro Serrano, da professora da UERJ Vera Malaguti e da professora da UFSC Vera Regina Pereira de Andrade, além dos docentes da USP Marta Saad, Pierpaolo Cruz Bottini e Sérgio Salomão Shecaira. 


Interação ao vivo


Ciente de que o Seminário Internacional é, historicamente, um ponto de encontro entre profissionais e pesquisadores(as) de todo o país, o IBCCRIM possibilitará a interação entre participantes na plataforma digital. Ao se inscrever no evento, cada pessoa terá um “cartão de visita” próprio com informações acadêmicas e profissionais, facilitando o contato com docentes, juristas, escritórios, profissionais e estudantes.


Profissionais, pesquisadoras(es), estudantes e todo o público interessado no campo das Ciências Criminais estão convidados para participar do maior evento da América Latina, que, frente aos desafios do ano de 2020, não será adiado.