02 de Setembro de 2020

IBCCRIM promove o IV Simpósio Nacional de Iniciação Científica

Nos dia 03 e 04 de setembro, das 16h às 19h30, o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM) promove o IV Simpósio Nacional de Iniciação Científica. O evento é gratuito e será transmitido pelo canal do IBCCRIM no Youtube, não sendo necessário realizar inscrição prévia. 

A quarta edição do Simpósio Nacional reunirá os melhores trabalhos apresentados por participantes de todo o país do Laboratório de Ciências Criminais nas edições de  2018 e 2019. Para participar, basta acessar a transmissão disponível no canal do IBCCRIM. 

O Laboratório de Ciências Criminais faz parte do Núcleo de Educação do IBCCRM e volta-se essencialmente à iniciação científica. Trata-se de um curso de formação, com duração de um ano, destinado a estudantes das faculdades de Direito e Ciências Humanas em geral. Os alunos do curso de Direito deverão ter cursado (completado), no mínimo, o 2º semestre, e poderão estar matriculados até, no máximo, o 10.º semestre.

Confira os trabalhos selecionados: 


Apresentação: turma 2018

Data: 03 de setembro de 2020


CRIMINOLOGIA - horário: 16h às 17h15

  • A dor da distância: análise estatístico-descritiva da frequência de visitas às internas no conjunto prisional de Mata Escura - Salvador Bahia | Catherine Ferreira Mainart  
  • A milícia politicamente armada e privilegiada de duque de caxias: uma história contada dos grupos em saracuruna | Thaisa Keller Ferreira Vieira Cruz
  • Superencarceramento e facções criminosas no Amapá | Alexandre da Costa Farias
  • A violação da integridade sexual da criança e do adolescente, a criminologia e o fenômeno da revitimização causado pelas repartições públicas: o depoimento especial | Gustavo Firmino Rodrigues
  • O feminicídio no Brasil: última etapa da violência contra a mulher | Soraia Ferreira da Silva 

PROCESSO PENAL -  Horário: 17h15 às 19h 

  • Investigação defensiva e a pescaria probatória nos mandados de busca e apreensão | Monalisa Muriel Rabelo Freire
  • Por um acordo de não persecução materialmente constitucional | Ísis Alvim Machado Faria
  • A hermética das audiências de custódia e suas consequências no sistema penal | Cecilia Helena Goulart Francisco
  • Por que os tribunais ainda não respeitam a Lei Maria da Penha? uma análise da execução de processos decorrentes de violência doméstica | Raissa Lustosa Coelho Ramos
  • Delação premiada: a aceitação popular de um instituto inconstitucional | Maria Helena Bezerra Siqueira
  • Autos de resistência: gestão da morte e o giro punitivo no Brasil | Isadora Cavalhieri Corrêa

DIREITO PENAL - horário das 19h às 19h30

  • Substituições da pena dentro da lógica da guerra às drogas | Caroline Maróstica
  • O constituinte, a execução antecipada da pena, Ulisses e as sereias: entre mutação constitucional e compromisso no pensamento de Jon Elster | David Ramalho Herculano Bandeira


Apresentação: turma 2019

Data: 04 de setembro de 2020


PROCESSO PENAL  - horário: das 16h às 16h45

  • TRIBUNAL DO JÚRI: o uso da sala secreta como violação ao princípio constitucional da  publicidade dos atos processuais | Maria Nicole Barros de Queiroz
  • O primeiro tribunal militar internacional:  o tribunal de Nurember | Isac Rodrigues Lobo                           

DIREITO PENAL - horário: das 16h45 às 17h15

  • O comércio de drogas ilícitas e entorpecentes na internet: o panorama Arapiraquense | Ana Letícia Lopes Cabral 
  • Criptoativos e seu incremento de risco para lavagem de capitais: um panorama sobre a regulação na Alemanha, Suíça e Brasil | Douglas Henrique Norkevicius

CRIMINOLOGIA - horário: das 17h15 às 19h30

  • Feminicídio: uma análise dos reflexos da dominação masculina nos discursos de valoração da vítima e do agressor | Eline de Souza Trindade
  • Entre o morro e o asfalto: interseções entre funk e guerra às drogas na criminalização da pobreza | Isabella Coimbra Pires de Mello
  • A mercantilização do crime através dos aparelhos midiáticos: uma pesquisa etnográfica na cidade de Maceió a partir da análise do programa fique alerta | Aline Martins Cruz
  • Performance e realidade: os reflexos da indústria pornográfica na violência de gênero | Luíza Bazácas Corrêa Cichocki
  • A eficácia da guerra às drogas como  instrumento de gestão da pobreza na modernidade | Maraiza Dayse Amaral Pereira
  • O homo Sacer e o sistemaprisional brasileiro: uma análise do discurso da ADPF 347 | Cássio Roberto Liruga Oliveira                           
  • Violência e Criminalidade: um olhar para o bairro Santa Maria | Liliane de Brito Stefani
  • Branquitude, abordagem policial e a questão das drogas no Brasil | Laís Alves Xavier Ramos
  • Não consigo respirar: os reflexos do discurso de ódio nas decisões do tribunal de justiça do Estado do Pará, em sede de habeas corpus, que tratam sobre a pandemia de Covid-19 | Flávia Brandão de Oliveira                                                                                       
  • ESTADO DE COISAS INCONSTITUCIONAL - do discurso declaratório ao vazio concreto de sentido na MC em ADPF 347 | Paulo Victor Leôncio Chaves