02 de Outubro de 2020

28 anos do Massacre do Carandiru

(Foto: Itamar Miranda/Estadão Conteúdo/Arquivo)


Hoje, dia 2 de outubro de 2020, o Massacre do Carandiru completa 28 anos. Naquele ano de 1992, 111 pessoas presas foram mortas pela Polícia Militar de São Paulo durante uma rebelião na Casa de Detenção.

As violências perpetradas pelo encarceramento em massa, sobretudo em tempos de coronavírus, precisam ser cessadas. E é esse enfrentamento que o IBCCRIM defende.

Fundado em outubro de 1992 como uma resposta ao Massacre do Carandiru, o IBCCRIM disponibiliza abaixo editoriais, artigos, vídeos e podcasts produzidos pelo Instituto – e abertos a todos e todas – sobre o que foi aquele 2 de outubro e os impactos da estrutura de morte na política penitenciária brasileira nos dias de hoje.

  • Boletim nº 335 – Editorial: "Necropolítica e gestão prisional durante a pandemia no Brasil: bit.ly
  • Boletim nº 320 – Editorial: “Dos massacres e dos lucros: a lógica privatista, a irresponsabilidade judicial e a banalidade do extermínio nas prisões”: http://bit.ly/2Sl8J0u
  • Revista Liberdades nº 9 – “Abaixo os direitos humanos! A história do massacre de cento e onze presos na Casa de Detenção de São Paulo” | Regina Célia Pedroso: http://bit.ly/2on5tql
  • Podcast Vire a Chave #7 - Massacre do Carandiru: http://bit.ly/31VjE57
  • Podcast Vire a Chave #5 – Sistema prisional brasileiro: http://bit.ly/2HbI3eg
  • Podcast Vire a Chave #1 – Genocídio da população negra: http://bit.ly/2kvRKfw
  • Mesa de Estudos e Debates - A crise do sistema penitenciário brasileiro: A política de combate às drogas e o superencarceramento: http://bit.ly/2nG7nTm
  • Mesa de Estudos e Debates - A mercantilização do sofrimento: privatizações, terceirizações e PPPs no sistema penitenciário: http://bit.ly/2osPtDA
  • Mesa de Estudos e Debates – Participação social e controle externo no sistema prisional: http://bit.ly/2pow7Qx
  • RBCCRIM nº 105 – “Carandiru: violência institucional e a continuidade dos massacres” | Maira Rocha Machado, Marta Rodriguez de Assis Machado, Carolina Cutrupi Ferreira e Luisa Moraes Abreu Ferreira: https://bit.ly/3l8MgB3
  • RBCCRIM nº 29 – “Caso do Carandiru: um estudo sociojurídico (1ª parte)” | Cesar Caldeira: https://bit.ly/30r8o1w

Em memória das pessoas afetadas por esse episódio e por outras políticas de morte, a Frente Estadual pelo Desencarceramento de São Paulo realizará, em conjunto com outras entidades, uma live-ato no próximo dia 3 de outubro, às 15h. A transmissão será feita pelo Facebook da Frente e de outras organizações apoiadoras.