08 de Agosto de 2022

30 anos depois do Carandiru, o massacre continua
Essa notícia possui um arquivo, clique aqui para visualizar.

O IBCCRIM se pronunciou a respeito do projeto em tramitação que anistia policiais envolvidos no massacre do Carandiru que deixou 111 mortos. 

Assinam o texto Marina Coelho Araújo (Presidente do IBCCRIM), Alberto Zacharias Toron (1° Vice-Presidente), Fábio Tofic Simantob (2° Vice-Presidente), Bruno Salles Pereira Ribeiro (1° Secretário), Felipe Cardoso Moreira de Oliveira (2° Secretário), Ester Rufino (3ª Secretária), Rafael Serra Oliveira (1° Tesoureiro), Renato Stanziola Vieira (2° Tesoureiro), Maria Carolina de Melo Amorim (1ª Diretora Nacional das Coord. Regionais e Estaduais), Leonardo Palazzi (2º Diretor Nacional das Coord. Regionais e Estaduais) e Vinícius Assumpção (3º Diretor Nacional das Coord. Regionais e Estaduais). 

O IBCCRIM “Não se calará em sua luta pela observância dos direitos humanos no âmbito da segurança pública”. Leia a íntegra

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade. Para falar sobre envie um e-mail para: privacidade@ibccrim.org.br